#EditalSementes

Relatos “Fragmentação de territórios e justiça climática” — Edital Sementes

PUBLICADO EM: 20 de outubro de 2021

Maíra Azevedo traz relatos da roda de conversa virtual sobre territórios e justiça climática, transmitida pela “Salve o Rio Jaguaribe”.

Narrativa Shanenawa

Clique aqui para assistir a roda de conversa.

O encontro aconteceu em um momento crítico da pandemia, às vésperas de o Brasil alcançar a triste estatística dos 100 mil mortos pela pandemia provocada pelo novo coronavírus, em agosto de 2020.

Estiveram presentes a bióloga Maíra Azevedo, a liderança religiosa e cuidadora do Quilombo Quingoma Mãe Donana; a escritora e advogada Maria Alice; Verônica Raquel, do Movimento Nosso Quilombo; e a artista-pesquisadora e permacultora Clara Domingas.

Essas representações também compõem a Convergência pelo Clima, espaço de diálogo que reúne diversas outras organizações e representações da sociedade soteropolitana, onde atuam para propor medidas de adaptação climática nas políticas públicas, olhando para seus territórios. 

Essas mulheres falaram sobre conexão, identidade e formação da comunidade local. E discutiram, também, a ideia de aproximação ou conectividade entre seus territórios. “A gente tem que ter um respeito muito grande a essas comunidades tradicionais, a nossas comunidades tradicionais. Porque nós somos berço da cultura, da fé, do amor, do acolhimento,” ressalta Mãe Donana.

Acesse aqui os relatos na íntegra, da conversa “Fragmentação de territórios e justiça climática”.

O Edital Sementes tem como objetivo destacar narrativas que interligam questões de gênero e clima e que normalmente não encontram vazão nos espaços institucionais. São relatos orais transcritos, narrativas tradicionais, poéticas e outros que, ao serem reconhecidos, ajudam a adiar o fim do mundo.

Alguns dos materiais passaram por edição ou adaptação para melhor clareza e melhor leitura, às vezes reduzindo seu tamanho original.

“Este conteúdo não representa, necessariamente, a opinião do Observatório do Clima ou de qualquer um de seus membros.”

Gênero e Clima

Planos Setoriais: Energia

Esta nota técnica analisa a relação entre energia, gênero e mudança do clima no âmbito do Plano Decenal de Energia 2030. Este documento não representa, necessariamente, a opinião do Observatório do Clima ou de qualquer um de seus membros.

ler mais

Pin It on Pinterest